Dayse

Dayse

Advogada

São Paulo, SP

De acordo com os dados indexados: Dayse Haga é Advogado(a) com o OAB 334918SP

Continuar lendo

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Graduação em Ciências Contábeis

2012 - 2013

Universidade Presbiteriana Mackenzie
Título: "Responsabilidade da auditoria externa em reação a fraudes no contexto da auditoria de demostrações contábeis"
Orientador: Octávio Ribeiro de Mendonça Neto

Graduação em Direito

2006 - 2011

Universidade Presbiteriana Mackenzie
Título: A influência dos meios de comunicação nas decisões judiciais penais e a segurança jurídica nas relações na sociedade contemporânea.
Orientador: Rodrigo Felberg

Graduação em Comunicação Social

2002 - 2008

Universidade de São Paulo
Título: ?Ctrl C + Ctrl V: Reflexões sobre colaboração em massa e os limites do direito na era digital.?
Orientador: Mylene Melly

Curso técnico/profissionalizante em Técnico em Contabilidade

1992 - 1994

Escola Técnica Estadual Prof. Camargo Aranha

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2004 - 2005

Comunicação Visual. (Carga horária: 440h). , Escola Panamericana de Arte, EPA, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Bandeira representando o idioma Espanhol

Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.

Bandeira representando o idioma Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Gilson Schwartz

Schwartz, G.; PROENCA, J. L.. Ctrl C+Ctrl V: Refkexões sobre Colaboração em Massa e os Limites do Direito na Era Digital. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Jornalismo e Editoração) - Universidade de São Paulo.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • HAGA, D. . Direitos Autorais - Os limites da prática editorial na Internet e as alternativas que podem facilitar o trabalho do editor. ARTIGOS DEFINITO , v. Ã?NICO, p. 15-18, 2009.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2008 - 2008

    Ctrl C + Ctrl V? Reflexões sobre colaboração em massa e os limites do direito na era digital., Descrição: A sociedade em rede, na qual estamos inseridos, atravessa um importante momento de auto-definição: constantemente precisamos lidar com os limites legais e éticos em contraposição às oportunidades de negócios e às problemáticas sociais intensificadas pelo advento da Internet. Percebe-se claramente como isso gera reflexos nosso cotidiano modificando estruturas comportamentais e permitindo novos mecanismos de gestão de riscos e de administração seja ela corporativa, pública ou familiar. O presente trabalho permitiu que debruçássemos sobre as questões que envolvem aspectos convergentes de um sistema altamente integrado, no âmbito tecnológico e social. Assim, as inovações colaborativas capitaneadas pela Cybercultura, nesse ambiente interconectado, necessitam atender o contexto jurídico tanto em escala local quanto global o que gera certas reflexões sobre o futuro de nossa sociedade. Um dos grandes desafios é buscarmos soluções que envolvam harmonia nas relações de forma coerente e, na medida do possível imparciais, através de idéias criativas e do respeito mútuo nessa nova etapa na história da humanidade. Palavras-chave: Inovação colaborativa. Gestão de riscos. Direito na Era Digital.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Dayse Haga - Coordenador.

  • 2007 - 2008

    A neutralidade na decisão judicial: É possível a imparcialidade do juiz?, Descrição: A magistratura possui importante papel no alcance da Justiça, em dar o Direito lesado para aquele que provoca o Judiciário. As decisões proferidas por esses magistrados devem ter como alicerce requisitos de imparcialidade e neutralidade para que sejam efetivas e atinjam os objetivos colimados, mas será essa total imparcialidade realmente presente em nosso sistema? Essa monografia apresenta uma discussão e análise sobre essa questão, onde primaremos por mostrar à medida que acabam os aspectos valorativos do ser humano e entre o magistrado centrado em aplicar a interpretação da lei ao caso concreto, esquecendo-se de suas próprias emoções. Palavras- chave: Imparcialidade. Neutralidade. Emoções. Decisão. Interpretação.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (7) . , Integrantes: Dayse Haga - Coordenador / Ana Carolina Hipólito Cabral - Integrante / Beatriz Maria Rebouças Lauton - Integrante / Cynthia Regina Borges Braga Mannini - Integrante / Fernanda Schulttais Caropreso - Integrante / Maiana Vaz Cortizas - Integrante / Renata Giro Najar - Integrante.

  • 2002 - 2005

    Produção de Sentidos em Dispositivos Midiáticos Diferenciados, Descrição: O projeto inicial (2001 a 2004) teve como objetivo retomar discursos da imprensa e de outras mídias diferenciadas (livros, revistas e outros) em três épocas da vida brasileira cuja significação repercutisse no processo de produção de sentidos em textos midiáticos na atualidade. Foram recortados para catalogação e estudo artigos, crônicas e outros textos escritos por jornalistas, escritores e pensadores da cultura brasileira, lidos como comunicadores dos sentidos da vida social nas mídias de tempo(Antônio Callado,Sérgio Buarque de Holanda, Zulmira Ribeiro Tavares) .A depuração dos corpora iniciais (2005) obrigou -nos à verticalização do recorte, focalizando os textos jornalísticos do pensador Sérgio Buarque de Holanda de O Jornal , dos anos em 1930 e 1931(reportagens na Alemanha, Polônia e Rússia), como corpus-síntese representativo da proposta, dada a quantidade de dados obtidos. A justificativa se faz pertinente pela carência deste tipo de estudos sobre memória discursiva de fontes textuais midiáticas entre as pesquisas do ponto de vista da Teoria da Comunicação. A metodologia, coerente à proposta, apoiou-se em abordagens dedicadas ao estudo da materialidade sígnica nas mídias, onde está inscrita a memória discursiva nos enunciados numa.cultura em diálogo com outras .Os resultados corresponderam aos objetivos do projeto em sua última fase (2005) graças à abordagem efetuada (análise dos acontecimentos discursivos , segundo Foucault/Pêcheux e da memória textual a partir da semiótica da cultura e Iuri Lotman) na leitura dos enunciados dos textos do Autor e não apenas dos fatos empíricos relatados no conteúdo ,comum nos estudos de Comunicação centrados nos meios e não no processo de produção de sentidos da construção das reportagens. Concluímos que estes discursos jornalísticos de Sérgio Buarque, como a busca de significados de gestos, situações do cotidiano em tempos de opressão por ele testemunhados em seu cotidiano de repórter em Berlim. Orientadora: Terezinha Fáti. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Dayse Haga - Integrante / Terezinha Fátima Tagé Dias Fernandes - Coordenador.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2007 - 2008

Universidade Presbiteriana Mackenzie

Vínculo: Outro (especifique), Enquadramento Funcional: Aluna - Graduação, Carga horária: 8

2002 - 2008

Universidade de São Paulo

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Aluna, Carga horária: 20

Jurídico

Processos 385